Atrativos

Parque dos Pireneus

Unidade de Conservação da Natureza que abriga fauna e flora típica de cerrado rupestre de altitude, com relevantes picos e morros de formações rochosas ruiniformes em quartzitos.

Distante 20 km de Pirenópolis, por estrada de chão, no alto da Serra dos Pireneus, serra que circunda a cidade, o Parque dos Pireneus é o ponto mais alto da região (1.400 m) e divisor continental de duas importantes bacias hidrográficas brasileiras: a Bacia Platina e a Tocantinense.

O parque tem como objetivo preservar relevantes formações rochosas com grandes dobramentos em quartzito de beleza ímpar; As formações savânicas de cerrado como campos limpos, semi-inundáveis e sujos, veredas, cerrados ralos, densos e rupestres, e ainda matas de galerias; Três importantes nascentes dos rios da região também estão dentro do parque; E o raro cerrado rupestre de altitude (acima de 1300 metros) onde se encontra, em rochas cobertas de líquens, bromélias, orquídeas, espécies endêmicas de alto valor botânico.

Por não possuir infraestrutura para visitação e para melhor aproveitamento e conhecimento do valor do parque e região, recomenda-se contratar um guia.

Local

Serra dos Pireneus, Pirenópolis, GO.

Horários

Todos os dias
das 8h às 20h

Taxas

Ingresso
Não há
  • Imagens
Vista do Pico dos Pireneus
Vista do Pico dos Pireneus
Região dos Picos
Capela do pico
Pico dos Pireneus
Vista do Morro Cabeludo
Morro Cabeludo
Morro Cabeludo
Morro Cabeludo
Picos dos Pireneus
Vegetação típica (chuveirinho)
Vereda e campos semi-inundáveis
Pocinho do Sonrisal
Pocinho do Sonrisal
Pedra do Jacaré
Cerrado rupestre
Cerrado rupestre
Vale do Capitão do Mato